Bem vindos (as) ao NW Blumenau    |

POLÍTICA ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Santa Catarina formaliza proposta para receber mais uma vez a “The Ocean Race”

Santa Catarina está na briga para receber mais uma vez uma parada da “The Ocean Race”, a maior regata do mundo e anteriormente conhecida como Volvo Ocean Race. Em encontro na Casa d’Agronômica, na tarde desta quinta-feira, 16, o governador Carlos Moisés e o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, formalizaram a proposta que será encaminhada nesta sexta-feira para a organização da competição.

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Além de Santa Catarina, também estão no páreo São Paulo (cidade de São Sebastião) e Bahia (Salvador). A proposição também contou com o aval da vice-governadora Daniela Reinehr, da presidente da Santur, Flavia Didomenico, e do deputado estadual Onir Mocellin.

Itajaí entra na disputa depois de Governo do Estado e prefeitura entrarem em consenso sobre o investimento para a regata que começa em 2021 e chega ao Brasil em 2022. A iniciativa privada também participará da execução do evento. “O governo vai apoiar, pois trata-se de um evento importante para o fomento do turismo no Estado, com retorno em ICMS, um impacto importante na economia e geração de emprego e renda”, frisou Moisés durante a audiência.

O prefeito Morastoni reforçou a importância do evento para a economia. Desde que recebeu a primeira edição da prova, Itajaí viu sua rede hoteleira triplicar, passando de mil para aproximadamente três mil leitos: “Não é só uma regata. Toda a economia do mar é fomentada, gerando desenvolvimento. Itajaí vem se tornando um verdadeiro polo náutico”.

A vice-governadora Daniela Reinehr destaca a visibilidade internacional que o evento traz para Santa Catarina. Segundo ela, todos na reunião concordaram que a Ocean Race é um investimento para a imagem do estado: “Esperamos ter êxito com a nossa proposta. Esse é um evento que leva o nome de Santa Catarina para muitos lugares, é a maior regata mundial e garante a internacionalização do estado”.

Presidente da Santur, Flavia Didomenico lembrou que a proposta ainda precisa ser avaliada pela organização da regata, que tem até o dia 28 de junho para anunciar o vencedor da concorrência: “O apoio do Estado é uma parte muito importante desse evento. Santa Catarina tem toda a condição de continuar a receber a regata. Seria a quarta vez. Aqui se firma essa grande parceria entre o Governo do Estado, a prefeitura e a iniciativa privada”.

Quem também saiu otimista do encontro foi o deputado Mocellin. Ele ressaltou que Itajaí tem tudo para manter a prova por dispor da  experiência de já ter sediado outras três ocasiões: “The Ocean Race é a cara de Itajaí e de Santa Catarina, que merecem manter essa iniciativa. É uma grande oportunidade de negócios”, destacou o vice-líder do governo na Alesc.

Por: Leonardo Gorges

Comentários