Bem vindos (as) ao NW Blumenau    |

  • DonCorleone em Blumenau
  • don corleone
SEGURANÇA ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia Civil de Blumenau prende suspeito de assediar crianças

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, Mulher, Adolescente e Idoso – DPCami – Blumenau/SC, prendeu em flagrante delito G.M.M. (41 anos). Na semana passada uma mãe registrou que sua filha de 11 anos foi abordada por um masculino conduzindo um peugeot 307 vermelho, próximo a uma escola na itoupava Norte, sendo que esse masculino chamou a atenção da criança, abriu a porta do veículo e estava se masturbando com a intenção que a criança o visse. Com base nessas informações, a equipe de investigação logrou êxito em identificar e qualificar o autor na data de ontem final do dia. Hoje, por volta da hora do almoço, a DPCAMI recebeu a notícia de que um masculino com as mesmas características e veículo teria abordado outra criança na mesma região e mesmo modus operandi. Diante dessa nova ocorrência e as informações coletadas, tanto as guarnições da polícia militar e equipe da DPCAMI diligenciaram ao local do fato e adjacências.

Foto: Reprodução/Divulgação

Em ato contínuo, uma das equipes da DPCami logrou êxito em realizar a abordagem e prisão do suspeito ainda conduzindo o veículo utilizado nos delitos. Durante a abordagem o suspeito consentiu com o acesso ao seu aparelho celular, no qual foi possível encontrar um vídeo pornográfico de uma criança. Em razão disso, o conduzido foi autuado em flagrante pelos delitos de importunação sexual e armazenamento de vídeos de conteúdo pornográfico infanto-juvenil. Em interrogatório o suspeito admitiu as condutas que lhe são imputados e afirmou que há cerca de 5 anos pratica tais atos, recordando-se de pelo menos 10 crianças que abordou. Diante da contumácia e periculosidade concreta demonstrada, foi representado pela conversão da prisão em flagrante em preventiva.

A DPCAMI recomenda que os responsáveis legais pro crianças residentes ou que estudem na região conversem com seus filhos/as sobre o ocorrido, caso identificadas novas vítimas procurem a delegacia para atendimento.

Comentários