Bem vindos (as) ao NW Blumenau    |

  • DonCorleone em Blumenau
  • don corleone
SAÚDE ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Novo equipamento para exames de angiografia está disponível para os pacientes do Hospital Santa Isabel

Pacientes alérgicos ao iodo, ou com alteração na função renal, contam com um novo equipamento para realização de angiografias no Setor de Hemodinâmica do Hospital Santa Isabel, em Blumenau. O Injetor de CO2 (dióxido de carbono), oferece benefícios significativos e menos complicações quando comparado com os meios de contraste iodado.

Foto: Kathia Bortolini

A angiografia – exame radiográfico dos vasos sanguíneos – é tradicionalmente realizada com contraste iodado, mas o dióxido de carbono (CO2) foi estudado como um agente de contraste intravascular alternativo. O CO2, ao ser injetado, desloca o sangue, criando uma breve bolha que se move com o fluxo sanguíneo antes de ser dissolvido e eliminado pelos pulmões. Este pequeno intervalo é suficiente para que o aparelho de radiologia digital registre uma série de imagens, semelhantes às obtidas com o uso do contraste iodado.

Os parâmetros de injeção, como o Volume e a Pressão, são controlados pelo operador para a obtenção das imagens radiológicas com as corretas informações para o diagnóstico. O equipamento possui um cilindro recarregável de CO2 com capacidade suficiente de 500 a 800 tomadas de imagens. Para cada paciente será utilizado uma extensão em PVC com filtro antibacteriano de uso único descartável.

Os usuários podem administrar o agente de contraste mais adequado dependendo do histórico médico, da necessidade do paciente e da área do corpo a ser investigada. Além disso, pode ser utilizada uma abordagem complementar de CO2, que pode reduzir drasticamente a dose de iodo, através da injeção apenas de 8 a 10 ml por procedimento. A utilização de CO2 como meio de contraste apresenta benefícios significativos para a saúde, uma vez que o gás é eliminado do corpo pelo sistema respiratório, resultando assim na preservação das funções renais – no tratamento com iodo, o excesso de contraste é eliminado pela urina.

Por: Kathia Bortolini

Comentários