Bem vindos (as) ao NW Blumenau    |

  • DonCorleone em Blumenau
  • don corleone
EDUCAÇÃO ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara de Vereadores homenageia seis professores de Blumenau

A Câmara de Vereadores homenageou seis professores que atuam em escolas da rede pública e particular de Blumenau com a entrega da Comenda Municipal do Mérito em Educação Professor “Rubens Fredel”. A solenidade aconteceu na noite dessa quarta-feira (16), no Plenário da Casa e reuniu familiares, amigos e admiradores dos homenageados.

Foto: Lucas Prudêncio

A Comenda Municipal Rubens Fredel foi instituída pela Câmara de Vereadores em 2017, através do Decreto Legislativo Nº 919, como forma de homenagear os professores que se destacam em suas atividades educativas durante o ano. A homenagem é realizada sempre no mês de outubro em comemoração ao Dia do Professor e os educadores indicados podem ser das redes públicas municipal e estadual e também da rede privada, que trabalham nas escolas e em instituições de ensino superior localizadas em Blumenau.

Este ano, dos seis homenageados, três trabalham em escolas municipais; dois atuam em escolas da rede estadual e um na universidade.

O primeiro homenageado da noite foi o professor Mauro Marcelo Mattos, que atua na Universidade Regional de Blumenau (Furb). A indicação foi feita pelo presidente do Legislativo Municipal, vereador Marcelo Lanzarin (MDB). Em seu pronunciamento o presidente destacou que era uma grande honra poder homenagear o professor Mauro, que é coordenador do Laboratório de Desenvolvimento e Transferência de Tecnologia da Furb. Lembrou que em 2010, como secretário municipal de Saúde, procurou pelo professor e desta conversa nasceu o Pronto, sistema informatizado de gestão da saúde pública, que hoje é referência em todo o Brasil e um case de sucesso nos congressos internacionais de tecnologia. “É uma honra poder homenagear este professor que atua desde 1995 na Furb, e é responsável por outros 14 projetos na área da tecnologia, auxiliando pessoas e entidades”, ressaltou Lanzarin, assinalando a Comenda “Professor Rubens Fredel” é o reconhecimento da sociedade ao trabalho de todos os professores da cidade.

Ao agradecer a honraria, o professor Mauro Marcelo Mattos pontuou que ao longo dos 28 anos dedicados à academia passou por muitos desafios. “Ser professor é ensinar de forma a causar impacto para mudar a vida das pessoas e transformar a sociedade”, afirmou, destacando que é um grande orgulho e que foi muito gratificante ter participado no desenvolvimento do Pronto. Assinalou ainda que foi uma grande decisão, tomada pelo então secretário de Saúde, Marcelo Lanzarin, de construir uma solução para a gestão da saúde pública que fez a diferença para muitos blumenauenses.

A homenagem seguinte foi dedicada à professora Marléte Machado da Silva, da Escola Municipal Wilhelm Theodor Schürmann, feita pelo vereador Alexandre Caminha (PP). O parlamentar produziu um vídeo com depoimentos de colegas de trabalho que conviveram e convivem com a professora Marléte, elogiando a profissional, agradecendo a amizade e a dedicação em tudo que a professora Marléte se envolve.

Ao agradecer, a educadora homenageada disse que ao instituir a Comenda Municipal do Mérito em Educação Professor “Rubens Fredel” a Câmara reconhece e valoriza os professores de todas as escolas de Blumenau. Disse que a ela especialmente ao homenageá-la pelo projeto “Nossas histórias” significa relembrar todas as ações realizadas nos 24 anos de trabalho na Escola Wilhelm Theodor Schürmann e aos 32 anos dedicados à educação na cidade de Blumenau.

A professora Monika Haertel, da Escola Básica Municipal Professor Oscar Unbehaun, foi homenageada pelo vereador Oldemar Becker (DEM). O parlamentar destacou o trabalho realizado por ela pelo projeto “Abelhas”, a favor da inclusão com o ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e também do idioma espanhol. Explicou que o projeto iniciou quando a professora Monika recebeu em sua classe uma criança surda e outra natural da Venezuela, e percebeu a necessidade do aprendizado dessas linguagens pelos demais alunos para que os diferentes fossem incluídos. “As crianças são desafiadas a fazerem a inclusão todos os dias, e a implantação de outras matérias possibilita vivenciar a inclusão”, comentou, mostrando um vídeo em que os alunos fazem uma homenagem à professora usando a linguagem de sinais.

A professora Monika disse que foi presenteada com a aluna surda e também com a colega professora de Libras, que também é surda, Denise Cristina Silveira. Disse que assim teve a oportunidade de efetivar a inclusão. “Cada dia era um novo dia para pensar, planejar e incluir. As crianças também querem vivenciar a inclusão. Isso faz toda a diferença, tanto que uma aluna pediu de presente à mãe dela um curso de Libras”, enfatizou, agradecendo a comenda e a todos que apoiam o Projeto Abelhas. Ressaltou que a parceria da gestão da escola faz todo o diferencial para o êxito do projeto.

A homenageada seguinte foi para o professor Delvaine Pussinini, da Escola Municipal Lauro Müller, indicado pelo vice-presidente da Câmara, vereador Bruno Cunha (PSB). No entanto, por motivos de saúde Bruno Cunha não pôde comparecer à solenidade e a homenagem foi feita pelo vereador Professor Gilson de Souza (PSD), que disse se sentir muito feliz e grato pela incumbência de homenagear um professor que faz um belíssimo trabalho na área de robótica. Um vídeo com depoimentos elogiosos do pai do homenageado e de um colega de profissão fez parte da homenagem.

Ao receber a honraria, o professor Delvaine registrou que era um grande orgulho receber a comenda e falou sobre o projeto de robótica desenvolvido na Escola Lauro Muller desde 2007. Destacou que o projeto “Pequenos Cientistas “ objetiva promover formas de aprendizagem em que os estudantes se deparem com meios multidisciplinares, que estimulam a inclusão, a criatividade na solução de problemas, a cooperação, além de fazer com que os estudantes sejam protagonistas da construção do saber. “Brincar de cientistas está provocando a percepção do aprender a fazer e aprender a ser”, observou.

O educador Tyrone Nolasco do Nascimento, que atua na Escola Estadual Básica Hermann Hamann, foi o indicado do vereador Professor Gilson. O vereador destacou o caráter humano e solidário de Tyrone. “Quero falar do ser humano Tyrone, que não é somente um professor que transfere o conteúdo, mas que apoia, incentiva, ajuda e leva os seus alunos à reflexão e a modificar atitudes. Você deixou o Rio de Janeiro há 15 anos e o destino o colocou em uma comunidade carente, que precisava e precisa muito desse seu jeito de ser, de fazer muito mais do que transmitir conhecimento. Obrigado por estar em Blumenau, na minha comunidade e se ela melhorou foi por culpa sua”, salientou.

O homenageado fez um discurso político em defesa da educação pública, da ciência, da valorização dos professores e dedicou a honraria a todos os educadores brasileiros. “Vivemos em um país que ainda faz um mínimo de investimento na ciência e na educação e isso em pleno século 21”, disse, ressaltando que um governo que não investe nessas áreas pode levar uma grande nação como o Brasil novamente a uma situação de colonização e de pobreza. Assegurou que um país que não investe nos professores pode ser levado a uma crise econômica e sócio-ambiental e afirmou que sonha com um Brasil que seja mundialmente conhecido pelo uso de livros e não de armas”.

A última homenagem da noite foi feita pelo vereador Sylvio Zimmermann (PSDB) à professora Vera Alice Sens Pering, da Escola Estadual Santos Dumont. Ele citou parte do poema de Cora Coralina: “Professor, sois o sal da terra e a luz do mundo. Sem vós tudo seria baço e a terra escura. Professor, faze da tua cadeira a cátedra de um mestre. Se souberes elevar teu magistério, ele te levará à magnificência. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”, declamou, estendendo a homenagem aos seis homenageados. Disse que fazia a homenagem à professora Vera em nome de todos os alunos com os quais ela compartilhou seu amor, seu tempo e dedicação. “Fostes um pouco mãe de cada um deles”. Mostrou um vídeo com depoimentos de ex-alunos, dos filhos e de colegas de trabalho.

“É muito bom quando podemos dar o máximo do que nos propusemos a fazer. Não pretendo parar, estagnar jamais”, declarou a professora Vera, agradecendo a Deus e a todos que a apoiaram em sua jornada. Agradeceu também à Câmara por ter criado a Comenda Municipal do Mérito em Educação Professor “Rubens Fredel” e reconhecer o trabalho dos educadores em vida. Dedicou a homenagem recebida aos alunos que fizeram e fazem parte de toda sua trajetória.

A sessão solene será reprisada pela TV Legislativa nessa quinta-feira (17), às 19:30 horas, no canal 14 da NET.

Rubens Fredel

A Comenda leva o nome do professor e atleta Rubens Fredel, que representou Blumenau em 27 edições dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), obtendo medalhas em todas elas. Fredel faleceu em 17 de fevereiro de 2015, após sofrer um AVC 42 dias antes. Na época era presidente da Associação Atletismo Blumenau (AABLU) e tinha 58 anos.

Em 2013 ele recebeu a Comenda do Esporte Catarinense, indicado pelo Conselho Estadual de Esportes (CED) por ser considerado pelos conselheiros uma pessoa ilustre que fez parte da história do esporte de Santa Catarina, além de ser um grande incentivador de crianças e jovens para a prática esportiva. Era conhecido como Rubão e como esportista e técnico se dedicou a crianças e jovens em vulnerabilidade social.

Por: Câmara de Vereadores

Comentários