Endividamento dos catarinenses recua em julho registrando menor índice desde 2013

O endividamento dos consumidores catarinenses caiu 2,2 pontos percentuais entre junho e julho de 2018. Na comparação anual, a queda foi de 5,6 pontos percentuais, chegando a 50,5%- o melhor resultado em cinco anos.  É o que aponta a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores Catarinenses (PEIC), realizada pela Fecomércio SC.


Acesse a pesquisa na íntegra

“Uma série de fatores vem contribuindo para a queda no endividamento do catarinense com destaque para o comportamento ponderado dos consumidores, fazendo uso de planejamento e cautela na hora do consumo. Apesar do cenário vir se desenhando favorável, ainda é cedo para fecharmos bons resultados de vendas, muito em função das indefinições políticas, advindas do processo eleitoral, o que provoca uma postergação da recuperação dos investimentos, reduzindo assim as possibilidades de emprego e renda”, pontua o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt.

Na comparação mensal, o percentual de famílias com contas em atraso caiu para 18%, já as famílias que não terão condições de pagar registrou uma alta no percentual de 10,6%.

Quanto a percepção do nível de endividamento das famílias, houve uma significativa queda no percentual de pessoas que disseram estar muito endividadas (5,1%). Redução também na faixa dos mais ou menos endividados, com queda para 17,7%. O índice dos poucos endividados subiu para 31,3%. Os entrevistados que responderam não ter dívidas desse tipo somam 45%.

A pesquisa mapeou os tipos de dívidas e a renda comprometida em Blumenau, Chapecó, Itajaí, Joinville e Florianópolis.

Informações: Fecomércio SC e (Foto: GuiaBolso / Divulgação)



Endividamento dos catarinenses recua em julho registrando menor índice desde 2013 Endividamento dos catarinenses recua em julho registrando menor índice desde 2013 Reviewed by Wellington Civiero Ferreira on 31 julho Rating: 5

NW Blumenau No Twitter