É possível chegar aos 80 anos com qualidade de vida

Chegar aos 80 anos não é mais novidade, o grande desafio deste século é viver mais e melhor. A longevidade, com qualidade de vida, segundo o médico geriatra, Roberto Esmeraldino, está associada aos hábitos de vida, não só na velhice, mas em todas as idades do indivíduo. O envelhecimento da nação é um processo irreversível. O público com mais de 60 anos no Brasil já soma cerca de 12% da população, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Com o objetivo de disseminar informações sobre como encarar a velhice e, também, como os parentes podem auxiliar nesse processo, é que o geriatra Roberto Esmeraldino, em parceria com outros profissionais da saúde, vai realizar, no dia 11 de novembro, o encontro “A Terceira Idade! Momentos especiais para você e sua família”, às 15, na sede da ADBLU. A entrada é gratuita.

(Foto: Rádio Progresso 640 / Divulgação)
Essa é a segunda edição do evento, que já ocorreu no ano passado, e a expectativa é de que mais de 100 pessoas participem, visto que, além das dicas de saúde para esse período da vida, também haverá exames gratuitos de Teste de Glicemia, medição da pressão arterial e do colesterol total. Durante o evento, será oferecido, também gratuitamente, um café para os participantes.

Além do geriatra, também participarão desse encontro a psicóloga Bruna Roeder, a analista comportamental Edina Esmeraldino, a fisioterapeuta, Renata B. França, e um nutricionista. Todos vão, de alguma maneira, dar dicas de como viver melhor após os 60 anos. “O envelhecimento começa quando nascemos, e não quando completamos 60 anos. Cerca de 30% da qualidade no nosso envelhecimento diz respeito a carga genética, os outros 70% são resultados dos nossos hábitos e nossas escolhas durante toda a vida. Por isso, aconselho que pessoas de todas as idades participem”, afirma.

Para os profissionais envolvidos, a velhice é apenas mais uma etapa da vida e, assim deve ser tratada. Assim como todas as etapas, tem as suas exigências. Para envelhecer bem, o primeiro passo é cuidar do bem-estar físico e do psicológico. “É necessário cuidar da mente, visto que somos movidos por nossas emoções. Além disso, não nascemos para viver sozinhos. É muito importante valorizar as relações sociais. Esses cuidados servem para toda a vida e não só quando estiver com cabelos brancos”, alerta Esmeraldino.

SERVIÇO:

O que: “A Terceira idade! Momentos especiais para você e sua família”

Quando: 11 de novembro, a partir das 15h

Onde: sede da ADBLU, rua São Paulo, 890, em frente a Senior

Participação gratuita

Texto: Liliani Bento | Via: New Age Comunicação
É possível chegar aos 80 anos com qualidade de vida É possível chegar aos 80 anos com qualidade de vida Reviewed by Por Wellington Civiero Ferreira on 03 novembro Rating: 5

NW Blumenau No Twitter