Vereadores questionam presidente do Seterb pelo não cumprimento do contrato da Blumob

O presidente do Seterb, Carlos Lange, esteve na manhã desta quinta-feira (14) na Câmara de Vereadores para dar esclarecimentos a respeito do não cumprimento do contrato por parte da Blumob, referente à pintura dos ônibus usados, que deveriam ser padronizados como os veículos novos, na cor prata, 30 dias após o início dos serviços. O assunto tem sido levantado constantemente por grande parte dos parlamentares na tribuna. A reunião foi solicitada pelo líder do governo, vereador Sylvio Zimmermann (PSDB). Além do proponente, estiveram presentes o presidente Marcos da Rosa (DEM), o vice-presidente Almir Vieira (PP), o primeiro secretário Marcelo Lanzarin (PMDB) e os vereadores Alexandre Caminha (PROS), Alexandre Matias (PSDB), Bruno Cunha (PSB), Ito (PR), Jens Mantau (PSDB), Jovino Cardoso (PSD), Professor Gilson (PSD) e Ricardo Alba (PP).

(Foto: NW Blumenau / Divulgação)
Carlos Lange foi questionado por quase todos os 12 vereadores presentes. A maioria criticou a atuação do Seterb por não ter notificado a empresa e multado a mesma no dia seguinte à quebra do contrato. Também criticaram a proposta da Blumob, apresentada e defendida por Lange, como uma alternativa viável à substituição dos investimentos que seriam gastos na pintura dos veículos.  A proposta refere-se a uma nova comunicação visual para todos os terminais, rotas e paradas, por cores e ícones. Segundo Lange, os estudos da renovação visual se baseiam nos sistemas de transportes coletivos integrados das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e também de cidades do exterior.

Para a maioria dos vereadores, a renovação visual, com placa, cores e ícones, não trarão benefícios significativos aos usuários do transporte coletivo, como defendeu o presidente do Seterb. De acordo com os parlamentares, a instalação de ar condicionado, por exemplo, reformas nos banheiros dos terminais e maior segurança nesses locais dariam mais conforto aos passageiros.  De forma geral, os parlamentares defenderam a redução de tarifa e mais qualidade no serviço como forma de atrair mais usuários.

A sugestão de uma consulta pública para que a população possa definir as demandas em relação ao transporte coletivo, bem como o que deve ser feito como compensação pela não pintura dos ônibus antigos pela Blumob, foi apresentada por Carlos Lange e defendida por muitos parlamentares.

Carlos Lange explicou que nenhuma decisão será tomada em relação à proposta da Blumob de investir em comunicação visual. “A fase ainda é de avaliação e agora vamos levar o resultado dessa reunião com a Câmara para o prefeito. Também vamos analisar conjuntamente com a prefeitura a possibilidade de uma consulta pública, a qual eu particularmente acho bem interessante, para ouvirmos os usuários”.

Ele também disse que não há má fé por parte da Blumob, que levantou a questão de que a pintura não seria necessária, uma vez que todos os ônibus antigos serão substituídos. Destacou ainda que até fevereiro de 2018 a empresa vai investir R$ 32 milhões em novos veículos, sendo que 10 estarão circulando até o final de outubro.


Informações: Câmara de Vereadores de Blumenau
Vereadores questionam presidente do Seterb pelo não cumprimento do contrato da Blumob Vereadores questionam presidente do Seterb pelo não cumprimento do contrato da Blumob Reviewed by Por Wellington Civiero Ferreira on 15 setembro Rating: 5

NW Blumenau No Twitter