O governador Raimundo Colombo presta solidariedade aos familiares das vítimas da tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense

(Foto: Divulgação)
O governador Raimundo Colombo se deslocou, na manhã desta terça-feira, 29, para Chapecó, no quarta-feira, 30, a primeira partida da final do Campeonato Sul-Americano contra o Atlético Nacional, tradicional clube colombiano. Pelo menos 76 pessoas morreram.
Oeste. Ele foi prestar apoio e solidariedade aos familiares das vítimas da queda do voo que seguia para Medellín, na Colômbia. Na aeronave estava a delegação da Chapecoense e jornalistas brasileiros entre outros passageiros. A equipe iria jogar nesta

“Eu trago a solidariedade de todos os catarinenses e de pessoas de diversos lugares de nosso país. Desejo muita força e fé a todas as famílias. Estamos aqui também para ajudar a movimentar todos os mecanismos que são possíveis para a proteção e apoio. Cuidando de todos os detalhes para que possamos enfrentar essa situação juntos. Vamos trabalhar nisso. Agora é hora de mostrar nosso apoio por meio de em ações de proteção”, disse o governador.

Colombo informou que, no início da manhã, conversou com o presidente da República, Michel Temer. “A embaixada brasileira já está providenciando todas as ações. O presidente Temer disponibilizou aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) para levar as famílias e pessoas daqui para Colômbia, para auxiliar nos trabalhos e translado dos corpos. É exatamente esse detalhamento que vamos fazer a partir de agora, com a prefeitura e direção da Chapecoense”, relatou o governador.
Nota Oficial
Neste momento de perda e de profunda tristeza, nós, presidentes dos clubes brasileiros que publicam essa nota, gostaríamos de manifestar nossos mais sinceros sentimentos de pesar e solidariedade à Associação Chapecoense de Futebol e seus torcedores, e em especial às famílias e amigos dos atletas, comissão técnica e dirigentes envolvidos na tragédia ocorrida na madrugada desta terça-feira (29).

Mesmo cientes dos prejuízos irreparáveis provocados por este terrível acontecimento, os Clubes entendem que o momento é de união, apoio e auxílio à Chapecoense.

Neste sentido, os Clubes anunciam Medidas Solidárias à Chapecoense, que consistirão, dentre outras, em:

(i) Empréstimo gratuito de atletas para a temporada de 2017; e
(ii) Solicitação formal à Confederação Brasileira de Futebol para que a Chapecoense não fique sujeita ao rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro pelas próximas 3 (três) temporadas. Caso a Chapecoense termine o campeonato entre os quatro últimos, o 16o colocado seria rebaixado.

Trata-se de gesto mínimo de solidariedade que se encontra ao nosso alcance neste momento, mas dotado do mais sincero objetivo de reconstrução desta instituição e de parte do futebol brasileiro que fora perdida hoje.


Informações: Jacqueline Iensen da Secom e Corinthians 

O governador Raimundo Colombo presta solidariedade aos familiares das vítimas da tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense O governador Raimundo Colombo presta solidariedade aos familiares das vítimas da tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense Reviewed by Wellington Civiero Ferreira on 29 novembro Rating: 5

NW Blumenau No Twitter